ii-conferencia-municipal-de-educacao-da-prata-pb

A Comissão Organizadora da Conferência Municipal de Educação – COMED 2013, sob a coordenação da Secretaria Municipal de Educação da Prata, juntamente com o prefeito Junior Nóbrega, iniciou a II Conferencia Municipal de Educação, onde foram realizados debate sobre as necessidades educacionais do município, bem como foram analisados e oferecidos subsídios ao processo de formulação e implementação das políticas públicas, contribuindo com as ações do poder publico municipal.

Com o Tema Central: “O PNE na Articulação do Sistema Nacional de Educação: Participação Popular; Cooperação Federativa e Regime de Colaboração”. Nesta conferencia entendemos como é fundamental a participação de todos, até por que para a educação melhorar todos devem estar unidos.

Por que realizar a Conferência?

Para garantir um espaço democrático onde a sociedade possa expressar sua opinião e construir coletivamente os rumos para a Educação Municipal.

A Conferência incentiva e fortalece o debate sobre as necessidades educacionais do nosso povo, analisa os desafios e oferece subsídios ao processo de formulação e implementação das políticas públicas, contribuindo com as ações do poder público Municipal para garantir que a educação como direito de todos aconteça de forma articulada, participativa e com a cooperação de toda sociedade.

Nesta reunião foi debatidos 5 eixos:

Eixo I – O Plano Nacional de Educação e o Sistema Nacional de Educação: organização e regulação.

Eixo II – Educação e diversidade: justiça social, inclusão e direitos humanos.

Eixo III – Educação, trabalho e desenvolvimento sustentável: cultura, ciência, tecnologia, saúde, meio ambiente.

Eixo IV – Qualidade da Educação: democratização do acesso, permanência, avaliação, condições de participação e aprendizagem.

Eixo V – Gestão Democrática, Participação Popular e Controle Social.

Eixo VI – Valorização dos Profissionais da Educação: formação, remuneração, carreira e condições de trabalho.

Eixo VII – Financiamento da Educação: gestão, transparência e controle social dos recursos.